A cenografia da 35ª edição do SPFW

Ocupando o prédio da Bienal até sexta-feira (22.03), o SPFW verão 2013/2014, tem cenografia assinada por nome de peso nas artes plásticas. O projeto foi assinado pelos irmãos – Fernando e Humberto Campana.

A sustentabilidade, aliada à simplicidade e ao retorno às raízes brasileiras, foram essenciais para conceber a ambientação do evento, assim como o desejo de produzir um contraste com a arquitetura de Oscar Niemeyer.

Todas as pilastras da Bienal foram revestidas com fibras de piaçava, o que, segundo os Campana, foi feito com o objetivo de simular coqueiros. Já as paredes e luminárias vieram cobertas por recortes de papelões dourados e a loja pop-up do evento foi construída em torno de blocos curvos de madeira, que também aparecem como assentos para o público.

A montagem demorou apenas uma semana para ser finalizada. E a dupla faz questão de frisar que nenhuma árvore foi derrubada para a retirada da piaçava usada no projeto. A piaçava veio de uma reserva no sul da Bahia, onde existem essas palmeiras que não é preciso cortar para retirar.

Não é a primeira vez que os Campana participam do SPFW. Há dez anos, a dupla criou uma intervenção na marquise do Ibirapuera.

Ainda dentro do prédio da bienal três dos patrocinadores, Wella, O Boticário e a Melissa, possuem lounges próprios. A Melissa, durante esta edição, a marca lança oficialmente sua parceria com Karl Lagerfeld e a nova edição da revista “Plastic Dreams”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Imagem reprodução

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s